.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-03-28

 

[1959] Assim vai o reino de Portugal

A remuneração dos administradores da Portugal Telecom  em 2009 foi de 5,3 milhões de euros em salários fixos e 6 milhões de euros em prémios. [DN 17 de Março de 2010].

A remuneração do presidente executivo é a que consta do quadro seguinte de acordo com a fonte citada.
 CEO da PT em 2009Remun. fixaPrémiosRemun. Total
Anual711.0001.794.0002.505.000
Mensal (14 vezes p/ano)  50.786 128.143178.929
Valor em salários mínimos113285398

O salário mínimo em 2009 foi de 450 euros por mês e com este rendimento e ainda menos vivem (sobrevivem ou morrem aos poucos) centenas de milhar de portugueses.

Portugal é dos países da União Europeia onde a desigualdade, o abismo entre os mais ricos e os mais pobres, é maior.
Quantas pessoas é necessário condenar à degração material e moral para alimentar estes gestores de muito alimento?  Estas remunerações não escandalizam ninguém ?

Não estou a sugerir que estes e outros bons portugueses (quantos milhares?) que a corrupção institucional da ordem vigente alimenta escandalosamente à custa do resto da comunidade deveriam ganhar o salário mínimo. Que diabo, alguns têm mérito, por isso deveriam ser bem pagos, digamos o dobro ou o triplo do que ganha o presidente da república ou dito de outro modo até uns 50 salários mínimos ou mesmo até um pouco mais nos casos comprovados de mérito excepcional.

Admito que alguns destes senhores até se sinta prejudicado e considere o seu um ordenado de miséria ao compará-lo com o de Jorge Jardim Gonçalves do BCP em 2005

Presid. CA do BCP
em 2005
Remun. fixaPrémioRemun. Total
Por ano990.0004.820.0005.810.000
Por mês 70.714344.286415.714
Valor em salários mínimos1899211.110

O salário mínimo em 2005 era de 373,64 euros. 
(Fonte suplemento "Economia" do DN de 2006-03-01)  [link]

Na injusta desigualdade social e do mundo do trabalho estamos em linha com a mais injusta e desigual Europa.

Etiquetas: ,


Comments:
Com efeito acho escandalosas estas remunerações, considerando principalmente que o simples aumento anual de 25 euros no SMN tem sempre a oposição dos empresários e do PSD e do CDS.
Convém, no entanto, em abono da verdade referir que estas empresas são privadas e, por isso, não têm que prestar contas ao Estado. São os seus accionistas que ratificam, ou não, as contas no final de cada exercício. Agora, se podem pagar "balúrdios" destes aos seus administradores, também poderiam pagar um pouco mais de impostos. A comunidade agradeceria!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?