.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-04-30

 

Tempos difíceis (3)

O governo anda a titubear bastante.

Sobretudo o Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, deve andar cansado e um pouco perdido, sem saber m bem onde cortar despesas para atingir o objectivo da redução do défice. Neste contexto, abre portas ao tudo possível: ora parece admitir aumento de impostos, ora a revisão dos investimentos públicos de qualquer forma, etc. Esta forma de "agarrar" as coisas só aumenta a instabilidade e o receio nas pessoas. A intervenção de ontem foi um quanto calamitosa em termos de imagem quer para dentro quer para fora do país, porque fez passar a ideia de que está tudo em revisão, mas depois já não está.

Tudo bem, devemos caminhar para o ataque ao défice, mas há que ter alguma visão de médio e longo prazo. Aliás, o problema da economia deste País foi sempre esse. Visão? Pouca ou nenhuma e políticas públicas no campo da economia incorrectas muitas, com apostas em domínios do passado e sem futuro. E agora que a aposta é exportar, pergunta-se Portugal exporta o quê?

Cada vez tem menos, porque as suas produções encaixam-se em mercados que crescem muito pouco, de concorrência acrescida e de baixo valor acrescentado.

Etiquetas: , ,


Comments:
Aí está. Os quadros comunitários não andaram a gostar a massa toda nos empresários do têxtil? Com o apoio dos trabalhadores? Quando qualquer pessoa de bom senso sabia que Têxtil teria cada vez menos mercado! 30 anos de disparates e Cavaco bem sabe porque foram os seus governos que pior fizeram neste campo. Privatizaram e bem (mal)sem estratégia, sem política de exportações competitiva. Ganhou sempre em termos económicos a imbecilidade.
Ana Catarina
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?