.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-12-26

 

"Grande cientista, espiritualista e curandeiro"

Hoje encontrei na caixa do correio um papelinho que me recomenda os poderes do Professor Mestre Fadir. Olhei em volta, ninguém estava a olhar, guardei-o entre os meus papéis para leitura mais atenta, em momento propício.
O papelinho, económico (10x7cm), informa que o Professor "é astrólogo africano de confiança. Grande cientista, espiritualista e curandeiro com poderes de magia negra e branca. Efectua trabalhos, com CADEADO VERDE. Resolve problemas sentimentais, aproximação e afastamento de pessoas amadas, maus olhados,  impotência sexual, alcoolismo, faz voltar ao domicílio conjugal uma esposa ou marido". E resolve ainda mais um rol de problemas quotidianos da maior importância.
Fico sempre desvanecido depois de tentar em vão indignar-me. Não com os Professores e Mestres mas com a humanidade que necessita e se socorre destes "grandes cientistas, espiritualistas e curandeiros" mestres de credos mais ou menos sincréticos e porventura bem menos maléficos à humanidade do que aqueles que exigem para as mulheres a morte por apedrejamento em casos de adultério ou os que os proíbem o preservativo mesmo sabendo que isso pode causar a transmissão da sida e a morte a milhares de pessoas.
Aqueles papelinhos produzem-me sempre um misto de estupefacção e de solidariedade com a humanidade que, na sua simplicidade, recorre àqueles prodígios .
A distância entre os cumes da ciência das Harvard ou dos MIT à mais despida ignorância do mais longínquo sertão ou, ali ao lado, das mais degradadas vielas de Bronx mede-se em milénios de civilização. 

Etiquetas: , , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?