.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-12-25

 

A História repete-se

"Nós estamos num estado comparável sómente à Grécia: mesma pobreza, mesma indignidade política, mesma trapalhada económica, mesmo abaixamento de caracteres, mesma decadência de espírito. Nos livros estrangeiros, nas revistas quando se fala num país caótico e que pela sua decadência progressiva, poderá ... vir a ser riscado do mapa da Europa, citam-se a par , a Grécia e Portugal".


Eça de Queiroz, Janeiro 1872
Comments:
Então, como agora, havia os Dias Loureiro, os Portas, os Cavaco, os BPN, que se chamavam Zé Luciano, Hintze Ribeiro, Henri Burnay e Crédito Predial Português.
Não é a repetição da História como farsa. A História dos poderes político e económico amalgamados são uma farsa permanente.
è espantoso é que só a Ana Gomes fale do Portas e dos submarinos, e sobre o BPN se calem quanto ao filho dilecto de Cavaco, Dias Loureiro, e quanto ao próprio Cavaco, não só os seus lucros mas o finaciamento das suas campanhas a primeiro ministro e presidente.

A comunicação social portuguesa é um vómito.
Por isso preciso que se fale disso aqui e por muitos outros lados.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?