.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-01-01

 

Para o futuro

Acabo de ler que Cavaco Silva vai hoje via TV's dirigir-se ao País a desejar um bom 2011.
Segundo a lei em vigor tudo isto é permitido. Cavaco não está pois a infringir nenhuma lei com este acto.
Mas a experiência política tem mostrado quando alguém no poder se candidata e a lei lhe permite continuar a exercer o cargo, isso cria desvantagens aos seus adversários, designadamente o aparecer mais vezes junto das populações misturando uma e outra função.
Admitamos que até há uma vontade de não misturar. A verdade e os exemplos mostram outra realidade. Até há casos em que de manhã se inauguram obras diversas na qualidade de cargo em exercício e de tarde é a campanha da dura. Esta situação é de pura prosmicuidade.
Daí que teria sido excelente que Cavaco candidato tivesse suspendido as suas funções, delegando-as na segunda figura da República. A lei não exige isso. Até desconheço se o poderia fazer. Mas se a lei não o impede teria sido um acto de transparência, para quem a toda a hora se afirma que a pratica.
Para que de futuro esta situação seja evitada de todo deveria a AR legislar neste sentido, até porque ainda este ano vamos ter eleições, onde esta situação é terreno bem adubado.

Comments:
Excelente Ano de 2011. força com esses posts.gr. abraço para a equipa.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?