.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-05-14

 

15 milhões de casas para 10 milhões de portugueses

É o caos completo. Que fazer a tanta casa, se as estatísticas estão correctas?

Estão cerca de milhão e meio à venda e não aparece comprador.

Por outro lado, são devolvidas cerca de 500 casas por mês aos bancos por dificuldades de pagamento dos compradores.

Dificilmente será encontrada uma solução para tanto erro acumulado, para a falta de planeamento e de estratégia do sector?

Os sucessivos governos não têm a culpa toda. Grande parte vem dos construtores que ainda continuam a fazer casas a outro ritmo é claro mas continuam. Onde está o mercado?!

É evidente que os governos tiveram a sua culpa porque nunca houve uma política lógica de habitação, nunca houve um mercado de arrendamento que funcionasse bem. Ou funcionava a especulação ou o congelamento das rendas.

Foi esta situação que transformou, caso único na Europa, a grande maioria da população em proprietários da sua habitação, pois a alternativa de aluguer não era económica nas condições existentes.

O Portugal da TROIKA vai trazer grandes mudanças nesta área, na base de fortes desincentivos à compra. Mas o problema está criado e o excesso de casas no mercado não será a TROIKA a resolver.

--
Publicada por Blogger em PUXAPALAVRA a 5/12/2011 06:59:00 PM



Comments:
e tanta casa sem gente e tanta gente sem casa

podiam-se alugar para sedes partidárias

os anos que aí virão trarão pletoras de associações desde nacionais porreiristas

a carbonárias mais explosivas
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?