.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-09-16

 

Buracos e mais buracos nas contas da Madeira. E quantos mais irão chegar?

O INE e o Banco de Portugal, enquanto autoridades estatísticas nacionais responsáveis pelo apuramento das estatísticas das Administrações Públicas, consideram "grave a omissão de informação", por parte do governo de Alberto João Jardim e garantem que "não têm conhecimento de casos similares".

A situação tornou-se de tal maneira calamitosa que o CDS, parceiro de coligação no governo central veio com pezinhos de lã pedir a demissão do secretário regional das finanças, Ventura Garcês.

Mas será que alguém pode pensar que Ventura Garcês fez algo sem o apoio de Jardim?

A situação está muito negra.

Acabo de saber que o custo das festas e festinhas destes últimos dois anos que o governo regional deveria pagar ao abrigo de protocolo celebrado está em atraso.

Não se saberá ao certo, mesmo com a auditoria, qual a verdadeira dimensão dos buracos das contas da Madeira.

Jardim está num grande aperto,que nunca pensou estar, mas vai ter que aguentar e dar a cara.

Que aldrabe já é grave, mas que esconda os buracos na situação crítica em que o país se encontra, deveria haver uma penalização dura, política e civil.

Trinta anos de mentiras. E Passos Coelho entalado. São para já mais 500 milhões a somar aos de há dias atrás.


Etiquetas: ,


Comments:
O secretário-geral do PS exigiu hoje ao primeiro-ministro que ponha cobro aos défices encobertos na Madeira e que esclareça se mantém a confiança política em Alberto João Jardim enquanto recandidato a presidente do Governo Regional.
 
Este buraco é bem maior que o anterior. Estavam escondidos mais de mil milhões de euros.
Terá sido a Troíka que na auditoria em curso à banca descobriu a marosca.
Assim, já em quanto irá a dívida? 10 mil milhões à volta de 37500 euros por madeirense.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?