.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-10-03

 

A Farsa Eleitoral na Madeira

No próximo domingo a Madeira vai a votos.

Estão criadas todas as condições para o Dr. Jardim sair vencedor.

A grande maioria da população acredita nele e só nele que anda a apregoar em todos os comícios que é preciso combater o Governo da República e diz do seu próprio partido que quer mal à Madeira. Ainda ontem dizia é preciso dar uma "sova" no governo da República, votando em mim.

Ele é o "comandante" e não vai permitir nada, nem desemprego, embora já o tenha e bem elevada é a taxa, vai continuar com as obras públicas, etc. Tudo como dantes, apenas não pagando, adiando os pagamentos é o que se verifica já há alguns anos e daí o acumular do desequilíbrio das contas da Região

É isto que ele diz, é isto que faz passar praticamente em todos os locais da Ilha.

Haverá um sítio ou outro de menos impacto, talvez em certas zonas do Funchal e Machico e aí pode o Dr. Jardim registar uma quebra, mas não suficiente para que não atinja a maioria.

De outra forma seria, se a população conhecesse a tempo o plano de resgate para a Região que vai ser bem duro para a população.

Assumo ser politicamente incorrecto, confesso. Não percebo como a oposição na sua globalidade alinha nesta farsa eleitoral. Não compreendo as razões porque não pressionam o PR a adiar as eleições para depois do Governo de Passos Coelho apresentar o plano de resgate para a Madeira.

Receio de impressionar negativamente a UE? Será? É muito subversiva esta posição?

Julgo a única consistente com o exercício sério da democracia.

Então alinha-se que as eleições ocorram no meio da ignorância e da desinformação máxima?

Não aceito que depois se diga como oiço vários comentaristas dizer que a culpa é do "povo da Madeira".

Etiquetas: ,


Comments:
OK, então podemos dizer que a culpa TAMBÉM é do povo da Madeira? Em pleno Séc XXI um povo, que tem viagens para Lisboa ao preço da uva mijona, continuar a invocar ignorância e desconhecimento para manter um trambiqueiro no poder parece-me desculpa de mau pagador (passe a redundância).
 
Não é só o povo a apoiar o Alberto João, os partidos tambem colaboram, e muito mais do que parece.

Nãp há madeirense que não beneficie da baderna.

Não há economista que seja capaz de quantificar a dívida.

Avançar com 1 dez ou 100 é tudo falso só para enganar.
 
Caro bloger é tão "inocente" o governo ao querer esconder a natureza e dimensão das medidas de "ajustamento" para a Madeira como você a invocar a falta de informação do "bom povo" madeirense. O bom povo da Madeira é tão inocente como o de Felgueiras ou qualquer outro do 308 buracos do "contenente"; Nisto, o régulo da ilha tem razão. O que o bom povo, neste caso da Madeira, sabe de experiência vivida é que o Estado tem sido uma teta inesgotável e, depois de mamado, o leite não volta atrás. Se for vai ser preciso pagar a ração da vaca, (parece que o fornecedor não quer vender mais a fiado!!) quem abocanhou a melhor teta ficará sempre a ganhar já que, entre os tugas, é comum a ideia de que é sacar o mais que se possa, enquanto se puder, pois, no fim, pagam todos o mesmo, acontecendo com frequência pagar menos, por expedientes vários, o que mais chuchou.
NG
 
Não invoquei inocência alguma de ninguém. O que disse e reafirmo é que os madeirenses vão votar, ignorando que medidas vão ser determinadas para o resgate da situação financeira e económica a que chegou a Madeira com a gestão política de mais de 30 anos de Jardim.

E defendo que os resultados seriam outros se a votação se fizesse com o conhecimento dessas medidas.

E entendo que por não se fazer nestas condições a votação exerce-se em condições pouco democráticas e nesse contexto discordo das posições dos partidos da oposição que alinham nesta farsa.

Quanto a outras discussões sobre como vota ou votou a população de Felgueiras, de Oeiras, etc, podíamos ir longe e é um tema de muito interesse.
 
Claro que não queria chamar-lhe inocente. O que eu queria expressar, porventura fi-lo de forma pouco cuidada, era a ideia de que ainda que o Governo explicitasse, como muitos exigem e se lhe exigiria, as consequências para a vida dos madeirenses que, inevitavelmente, vão resultar do desvario, eles não reconsiderariam em número significativo, mudando o seu voto, e atrevi-me a pensar que você também não acreditaria nesse lampejo de "racionalidade".

NG
 
E porque não pensarmos que esta situação interessa a todos: Aos madeirenses em geral porque querem que a "teta" continue a dar leitinho como até aqui; ao AJJ porque vai ganhar com uma nova maioria que lhe dará um novo fôlego e mais uma oportunidade de continuar a enxovalhar tudo e todos que lhe cheirem a continente; ao (des)Governo da República e ao PSD porque é mais uma vitória eleitoral retumbante lá na bananolândia; ao PR porque "já tinha avisado"; à própria oposição, porque mesmo com a divulgação das medidas a tomar antes das eleições, Jardim ganharia na mesma, com ou sem maioria, e assim vai ser ele a governar durante a aplicação das medidas (impopulares) que irão ser tomadas para combater o descalabro das finanças lá do burgo, o que lhe vai provocar uma erosão e perda de popularidade e, a médio prazo, cair de maduro.
A menos que as tais "medidas" sejam conversa para adormecer, fique tudo na mesma e sejam os otários costumeiros (nós) a pagar o patau.
O que, com esta corja que nos desgoverna o país, também não me admiraria. A ver vamos...
 
Peço desculpa, só agora vi os dois comentários anteriores.Não é que tenha de responder nem o que vou escrever é uma resposta na tentativa de provar que tenho razão, é no sentido de troca de ideias.

Estou convencido pelo que conheço que as eleições se fossem feitas na base da discussão do plano de resgate retirariam a maioria absoluta a Jardim, o principal culpado da acumulação da dívida.
Que ao PSD de Passos Coelho interessa ganhar na Madeira também não tenho dúvida. Agora que ao actual governo interessaria uma outra solução menos gastadora mas com o PSD no comando da região é para mim uma "verdade" adquirida.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?