.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-10-08

 

O Ministro Álvaro Santos Pereira no Parlamento

Fez tudo mal.

Comprometeu-se em apresentar ao Parlamento o Programa Estratégico para os transportes e aparece a provas sem programa.

Falha gravíssima. Fez bem a oposição em solicitar o adiamento do debate. Depois foi pouco consequente.

O real é que o Ministro saiu-se muito mal e já muita gente do Governo e próximo dele começa a admitir que o Álvaro não vai longe. Começa a ser evidente o erro de casting da sua escolha.

Segundo erro, não foi nada bonito que não dissesse qualquer coisinha que já não se soubesse de véspera pelo programa de Marques Mendes.

Terceiro erro, se não tinha plano, pedia desculpa e adiava a ida à AR.

Quarto erro, a ser verdade o que diz a imprensa, anuncia fusões e, afinal, o que vai haver são concentrações de alguns serviços partilhados, o que é muito diferente de uma fusão.

Santos Pereira foi a testes sem ter preparado a matéria e chumbou rotundamente no júri, com os seus colegas deputados de partido em perfeita histeria a começar pelo Presidente da Comissão, face ao chumbo evidente.

Proximamente terá um exame ainda mais duro, a ida ao Parlamento com as leis laborais.

É melhor preparar uns power-points com mais conteúdo e mais ajustado ao que pretende dizer, a não ser que pretenda incendiar o mundo do trabalho e chumbar de vez

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?