.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-10-19

 

Seguro num difícil recuo

Seguro segurou-se mal, melhor precipitou-se e muito. Afinal o seu amigo de juventudes Passos Coelho não é de confiança.

António José Seguro, se pensa, deve estar arrependidíssimo dos 0,0001% - a probabilidade de não viabilizar o OE2012 de Passos Coelho.

É que se o viabilizar está a caucionar que a culpa destas medidas dramáticas para o povo português se devem a desvios cometidos pelo governo anterior do PS. Esta mensagem começa a passar e a imagem PS sairá muito mal desta triste história toda.

Se considera que Passos Coelho e o seu governo está de facto a lançar o ónus destas medidas sobre o PS, só lhe resta uma saída: denunciar e votar contra o orçamento.

Nada de antipatriótico nesta decisão. Pelo contrário caucionar este orçamento é que é um atentado ao povo português.

Etiquetas: ,


Comments:
O Seguro entalou o PS que já vinha bem entalado de trás.
Assim lá para o século XXII retornam ao poder.
Só podem mesmo votar contra e explicar muito bem a natureza do voto.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?