.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-01-05

 

As propostas do CDS/Madeira para a economia produtiva

É interessante que os partidos políticos se debrucem sobre as saídas para a grave crise da economia da Madeira que, por erros acumulados e falta de visão estratégica, se encontra numa situação muito crítica e os madeirenses cada vez mais numa rampa de empobrecimento, aliás como todo o País.

Agora,o que se espera são propostas novas e inovadoras quer do ponto de vista económico quer social.
Porque escrevo este texto?

Porque ontem li no Diario de Noticias da Madeira um artigo de José Manuel Rodrigues, a quem cumprimento com todo o respeito, que de ideias novas tem pouco e algumas já provadas que não resultam e a concretizarem-se seriam um desperdício de investimento. Vou referir-me apenas a duas porque as restantes propostas são tão genéricas, preenchem espaço jornalístico mas a nada conduzem. Exemplo destas últimas. O que é um Plano Estratégico para o Turismo e maior aposta na promoção? Por favor, acrescente alguma coisa..Que parâmetros o vão diferenciar do que existe. Mete mar, mete ambiente? E como?.Que empresários? Como os vai atrair?

Mas voltando atrás às duas ideias que pretendo referir. A primeira tem a ver com a criação de uma Agência para captar Investimento Externo. Sabe que esta ideia faliu a nível nacional e que se tornou um monstro em termos de gastos, acabando por ser integrada no Aicep? Sabia que para montar uma agência destas são precisos quadros que percebam muito do mundo dos negócios internacionais? Sabe quantos anos leva um jovem a adquirir esse traquejo? Se for para ter um escritório e distribuir empregos para boys dá. Mas a vida agora está cara. E oxala´que esse luxo o povo português o pague cada vez menos. Além disso esta ideia para a Madeira, apesar de errada, não é nova.Já existia no baú de ideias erradas do Vice Presidente. Ele aqui há uns anos defendia isso. Tive oportunidade de a referir em artigo sobre a ZFM publicado no DN nos inícios de 2011 e que se pode ver aqui no facebook pois o inseri hoje com este objectivo.

Mas não pense que não concordo consigo com a necessidade de atrair capitais estrangeiros para a Madeira. 100% de acordo, mas não através dos instrumentos que propõe criar e também não através do Aicep, embora possa pensar numa parceria interessante. A Madeira tem um excelente instrumento em termos de gente qualificada exactamente na ZFM ou ligados. E a segunda ideia é que a ZFM necessita de ser posta ao serviço da RAM, não como defende orientada apenas para permitir o planeamento fiscal, mas exactamente para captar investimento externo que se entrose com o tecido empresarial e económico da Madeira e Porto Santo. Compete aos partidos políticos forçarem esta linha de objectivos para a ZFM, o que requer renegociar a composição do capital societário e as funções.

Mas, para um bom trabalho neste domínio é necessário ter um suporte, ou seja, uma estratégia de desnvolvimento que leve á criação de riqueza na Região. Espero que os partidos políticos se debrucem sobre isto e que seja feita uma discussão global sobre tudo isto.

A sociedade madeirense ficaria muito rica com um aprofundado e largo debate tanto mais que a situação actual e dos próximos anos é muito crítica e urgentemente há que encontrar saídas.

copiado do FaceBook

Etiquetas: , ,


Comments:
Até que enfim!
Apareceu alguém a questionar o CDS/M que parece que tem o rei na barriga. Após eleições regionais armou-se em dono da Região. Mais ninguém existe.
 
Podia armar-se desde que propusesse coisas com nexo. Ideias idiotas já há que baste. Só falta ao CDS/M dizer que reduziria a dívida para 40%, como diz Jardim num mandato.
A.Sousa
 
Uma solução: Exportar furados!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?