.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-01-12

 

"Gosto desta": Portugal o País das natas

O Primeiro Ministro, Passos Coelho, deve ter tido hoje um momento de felicidade.

Pois, o seu ministro, o Álvaro, teve uma ideia brilhante juntar numa de promoção internacional do País, dito Portugal, o frango assado e as natas, com o pastel como estandarte à mocidade de outros tempos.

Excelente. Mas assumindo eu um ar mais regionalista, mas atlântico permutava. Em vez de natas e frango assado proponho milho frito e carne de vinha d'alhos. Cheira melhor e com maior intensidade. E provo esta minha dica. Regressei da Madeira via Portimão (para quem não saiba de barco. De Lisboa não há barco, segundo as más línguas porque há interesses na Madeira junto do GR que se opõem) com muitos madeirenses que trabalham em Jersey. Carros top de gama. Quando abriam o carro, o cheiro da vinha d'alhos até nos transportava para as redondezas do mercado do Funchal. Melhor propaganda? O Álvaro desconhece. Meta uma cunha ao AJJ que o informa.

Se tivesse feito esta minha viagem, o Álvaro não teria precisado de queimar as meninges para tanta inspiração, hoje no DN a falar da internacionalização portuguesa.

Comments:
como detentor (infelizmente)de dívida portuguesa (demasiada e daquela a juros de carácácá)

acho óptima ideia fazer o que as croissanteries e as pizzarias e as chinesarias fizeram a portugal nos últimos 30 anos

vamos foder-lhes as coronárias também

e exportamos pessoal para as lojas maçónicas dos pastéis de nata lá na Suissa e Lixemburgo
 
DN não é aquele jornal com publicidade maçónica?

se vocês recrutam entre os melhores como é que ficaram com tantos políticos?
 
natas e regimes das bananas só se dão bem no banana split

para Angola e em força com os pastéis não dá
intoxicação alimentar e ranço do pastelame

temos de conquistar os russos e os indianos
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?