.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-03-08

 

O debate quinzenal de ontem na Assembleia da República

António José Seguro, um pouco menos inseguro do que é costume, desafiou no debate de ontem Passos Coelho para um frente a frente para discutirem o País, as políticas de austeridade em curso, a única coisa que este governo sabe fazer, cortar salários e pensões é a sua especialidade e Passos Coelho respondeu que estavam num debate público, por conseguinte, um frente a frente.

Ainda bem que Passos Coelho foi tão claropois ficamos a saber que Passos Coelho nos frente a frente ou não está informado sobre o que debate ou diz inverdades e entra em contradição. Numa palavra. Prepara-se mal.

Na realidade, Passos Coelho ontem face às questões postas e bem por Francisco Louçã sobre a Lusoponte e sobre a distribuição de dividendos aos novos accionistas da REN e da EDP, só disse asneiras. Não acertou uma.

Como diz a comunicação social de hoje, a Lusoponte recebeu duas vezes em Agosto , o montante da cobrança das portagens e os 4,4 milhões de euros que estava previsto o Estado pagar-lhe por não cobrar portagens em Agosto. Estas duas verbas estão na posse da Lusoponte. Passos Coleho disse primeiro que não depois que sim, uma baralhada.

Sobre os dividendos há também uma declaração anterior de que se houver distribuição" entre o momento do primeiro contrato e o momento final da transação, o valor dos dividendos é deduzido ao preço de compra e se forem distribuídos depois são para quem tem propriedade.

Ficamos esclarecidos de que num debate com Passos Coelho não ficaremos esclarecidos

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?