.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-08-17

 

Os jornais que temos

"Queimados vivos no elevador,
Matou o pai para salvar a mãe e as irmãs,
Assassinado para socorrer a sogra,
Morre ao defender a mulher,
Preso por matar vizinho,
Esfaqueou pai e filha em rixa.
Lama Lima continua preso em casa.
Dispara e tenta matar ex-mulher.
Matou o sogro à sacholada".

"Vizinho pedófilo ataca menina menor,
Emannuelle tem sexo tanto com homem como com mulher,
Escapadinhas para quem vota paixão, esperança, traição,
No estrangeiro faço nudismo e topless,
Já experimentei tudo, oral, anal... e gostei,
Mulher apanha marido com um homem na cama e pede divórcio."

São títulos de um dos diário de maior circulação em Portugal. Seguem-se quatro páginas de mamas e rabos ao léu com estrelhinhas em certos sítios.
São cinquenta e tal páginas de lixo fétido. Sangue, sexo e estrume.
O que não diria disto a gente moralizadora do Governo se o jornal fosse estatizado?!
O pior é que alguns dos tradicionais órgãos de imprensa de "referência" vão pelo mesmo caminho tablóide.

Sugestão aos quiosques: anexar pinças a cada exemplar.

Mas nada disto, imprensa rasca, governo de Passos Coelho, troica e outras desgraças, é uma fatalidade irremediável. Tudo pode mudar assim nos esforcemos por isso.
Aliás:
Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades,
Muda-se o ser, muda-se a confiança:
Todo o mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.
...

Comments:
Numa cidade do Norte multaram um cidadão por ter entre os livros à venda, um que tinha uma mulher nua na capa, dizendo que era pornografia (gente inculta). E estes anúncios nos jornais à mão de semear o que são? Obras de arte? AhAhAh. Não me f...lixem. É dinheirinho que lhe enche os bolsos...
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?