.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-08-14

 

Em Washington como... em Beja há um século atrás

De gaffe em gaffe, Mitt Romney, o candidato republicano à presidência dos EUA, lá vai revelando a sua política reaccionária e a  incultura, apanágio de tantos candidatos à presidência da maior potência mundial, como revela o recente "lapso" ao contristar-se com o assassinato de vários crentes perpetado num "templo Sik" no Wisconsin", chamando-lhe "templo sheik" e referindo-se "ao povo sheik" numa confusão explosiva entre a religião Sik do Punjab e o título honorífico... árabe *.  
Romney escolheu há dias o seu parceiro, candidato à vice-presidência, o senador Paul Ryan, um congressista da ala extremista do Tea Party. Tem a particularidade de ser um senador com peso no congresso dos EUA e ser aí o líder ideológico dos republicanos. Assim a candidatura republicana deslocou-se mais para a direita e definiu melhor ao que vem: impedir os programas sociais de Obama, em especial na saúde, evitar que vá para a frente um programa próximo de um "serviço nacional de saúde" que garanta aos mais pobres, aos reformados, aos desempregados, aos não milionários, terem acesso a cuidados de saúde. Evitar, em geral, que a riqueza nacional tenha uma distribuição não tão brutalmente injusta.
Os Republicanos também estão contra a ajuda de emergência aos agricultores (pequenos e médios, não às grandes corporações donas de dezenas de milhar de hectares de terras agrícolas) atingidos pela seca.
A luta ideológica no âmbito da campanha à presidência dos EUA alcança o nível da que existia nos campos do Alentejo, em Portugal, na primeira metade do século vinte, com os nossos latifundiários apoiados por Salazar que tentavam meter na cabeça dos assalariados agrícolas e do "bom povo" português em geral que era necessário dar mais dinheiro aos ricos "porque senão quem daria trabalho aos pobres"?
É a grande luta ideológica nos States como aliás em Portugal, nos países do euro e mais além: tentar convencer o trabalhador e o contribuinte, não apenas "os barrigas-ao-sol" mas também as classes médias a aceitarem piores condições de vida para enriqueçer mais ainda os muito ricos.
Os republicanos opõem-se a que vá por diante legislação que lance mais impostos aos supermilionários porque isso, argumentam, diminuiria o seu consumo com prejuízo para o crescimento da economia.
Em resumo, o nível político do debate, dirigido às massas, na maior potência mundial, no século XXI, está ao nível do debate político no Alentejo latifundiário de há um século atrás.
___________
* - “We had a moment of silence in honour of the people who lost their lives at that sheikh temple. I noted that it was a tragedy for many, many reasons,” he said referring to his discourse in Chicago.
He went on: “Among them are the fact that people, the sheik people, are among the most peaceable and loving individuals you can imagine, as is their faith”.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?