.comment-link {margin-left:.6em;}

2013-04-26

 

Sou o padrinho do Governo

Aníbal Cavaco Silva foi à sessão comemorativa do 39º aniversário do 25 de Abril, na Assembleia da República,   para pedir consenso aos portugueses e aos partidos da oposição em torno do... programa do Governo. S.EXª quer que os explorados, os desempregados, a classe média a caminho da proletarização, os jovens licenciados em fuga para o estrangeiro, vítimas, todos, da insana política do Governo se juntem no apoio ao seu algoz. O Governo que um carismático intelectual e político do PSD classificou apropriadamente de traidor a Portugal, não se contentando com o brutal programa de austeridade da Troica empenhou-se em ultrapassá-lo e está a conduzir o país à tragédia. Passos Coelho um produto espúrio do aparelhismo partidário e Vitor Gaspar um técnico amamentado pelos bancos com a cegueira filha do fanatismo ideológico estão conscientemente a conduzir um processo de tranferência de riqueza da esmagadora maioria da população não apenas para pagar as dívidas fomentadas pela clique privilegiada de banqueiros, grandes empresários, especuladores, responsáveis pela crise mas também para o seu maior enriquecimento (ainda hoje os jornais informam que o BPI só no 1º trimestre de 2103 teve um lucro de 40,5 milhões de euros.) 
S.Exª o Professor Cavaco Silva, natural de Boliqueime, que se empenhou no derrube do anterior Governo com o pretexto cínico de ter ele conduzido os portugueses ao limite dos sacrifícios, revelou agora, sem sombra de pudicícia, ser o padrinho deste governo que levou os sacrífícios da população a limites estratosféricos e promete aumentá-los.
O PR Cavaco Silva acha que é muito triste mas que não há outro remédio senão ajudar a enriquecer um pouco mais, só um pouco mais, vá lá! os banqueiros sem descurar os patriotas do BPN acoitados no grupo Galilei (ex-SLN) onde prosperam às claras com negócios de muitos milhões, alguns com o Estado, ao qual devem centenas de milhões que não querem pagar nem o Governo exige que eles paguem.
Consenso! Por favor, consenso!! Pede o PR. Entendam, seria horrível uma crise política, quanto mais uma revolução, credo, abrenúncio. Portanto, se fazem favor, consenso. É que não há alternativa. Vá lá. Nada de sectarismos!
________
Nota: fiz hoje, 26, algumas pequenas alterações ao post.
________
VIVA O 25 DE ABRIL! E CANTEMOS-LHES A GRÂNDOLA.  (Atenção, agora sou eu a dizer não é S.Exª o Sr. Professor!)

Comments:
Muito bem. Muitíssimo bem dito.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?