.comment-link {margin-left:.6em;}

2013-11-22

 

A queda de um tabú

Nunca percebi porque razão as escadarias abaixo do edifício da Assembleia da República eram "um lugar sagrado". Nunca!! Sempre entendi e entendo que o não acesso não passa de uma prepotência do poder político.

Ontem, felizmente e ao contrário de várias tentativas, caiu esse  "sacrossanto lugar" e de uma forma sensata.

Ainda bem. Uma manifestão das forças de segurança e da ordem contra a política de cortes deste governo forçou as forças da ordem que estavam do outro lado a ceder e subiram-se as escadas e desceram-se de forma pacífica.

Uma lição para este governo em que as proibições e os cortes são um paradigma da sua gestão.

Ouvi na rádio que o facto se deu, quando ia a caminho da reitoria, para estar presente no Congresso das "ditas esquerdas", aliás em defesa da constituição, da democracia e do estado social, promovido por Mário Soares.

Dei por ganho o meu tempo de lá ir, pois recolhi um ensinamento que não me era claro. Os portugueses estão muito mais desiludidos com Cavaco Silva do que com o governo.

Existe a noção clara de que quem sustenta o governo e as respectivas políticas de empobrecimento do país é o PR que jurou cumprir a constituição e parece que anda a rredio da sua leitura e interpretação.

Não foi só Mário Soares que gritou a demissão da Cavaco Silva. Foi toda a assembleia presente, certamente sem o apoio entusiasmado de Pacheco Pereira cuja intervenção foi brilhante. Para mim a melhor.

Etiquetas: ,


Comments:
Apesar de tudo
foi um gesto positivo
 
Apesar de tudo
foi um gesto positivo
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?