.comment-link {margin-left:.6em;}

2013-12-06

 

O apelo à exploração das potencialidades do nosso mar eos Estaleiros de Viana

Costuma-me aceitar tanta hipocrisia de gente que anda a vender o mar como "uma das glórias nacionais" e, depois, tem esta postura sobre os Estaleiros de Viana do Castelo. Não pode ser. Onde paira a coerência?!

Soube em tempos algo sobre o sector da construção e reparação naval em Portugal e no Mundo. Sem vaidade, soube mesmo por dever de ofício e porque gostava.

Acompanhei o que se destruiu neste sector em Portugal, sobretudo a partir de finais dos anos 70. Protestei, Participei em grupos de elaboraram trabalhos contra essa situação. 

E não é que não houvesse conhecimento na Administração Pública e nas empresas e vontade dos trabalhadores. Havia estudos, havia estratégia escrita, mas não assumida pelos políticos.

Não houve nunca vontade política de diversos partidos no poder, por baixa política. Não é preciso ir longe, basta olhar para a geografisa da implantação deste sector para se perceber a destruição havida.

Os governos do então primeiro ministro, Cavaco Silva, foram aqueles porém que mais destruiram nesta actividade e hoje essa mesma Pessoa como PR vem apregoar as virtudes do mar.

Um sector que já deu emprego a 37 mil pessoas, hoje reduzido, penso a 3 ou 4 mil e que vai despedir 600...pode lá ser.

É descaramento falar do mar sem barcos de vários tipos, a  não ser que a exploração para esta gente seja a nado. 

Assim, teremos quase 10 milhões de portugueses candidatos a investir no mar.

Tudo isto é rídiculo. Uma mistura de ignorância, incompetência e de venda a interesses que não interessam ao país. É puro servilismo ao capital que não presta.

Etiquetas: , , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?