.comment-link {margin-left:.6em;}

2014-04-04

 

EDP Conselho Geral e de Supervisão - 6 ex-ministros. Catroga preside a 40.000€ por mês

O Sr Carlos Tavares, um português de sucesso, presidente da construtora francesa da Peugeot/Citroen, queixou-se a propósito da empresa do grupo de Mangualde que a eletricidade em Portugal é muito caro e a título de exemplo informou que é 40% mais cara que em França. Naturalmente preocupa-o o custo da energia elétrica para a industria, mas para si que me está a ler ou para mim que não somos industriais mas consumimos eletricidade se levarmos em conta as diferenças de nível salarial, então o custo real da eletricidade para um português é sem dúvida mais do dobro do que para um francês.
Mas para além do preço que aparece na fatura da EDP não devemos esquecer que pagamos à EDP através dos nossos impostos as rendas obscenas que o Governo em nome do Estado (ou seja do nosso bolso) paga à EDP por cada Watt/hora de eletricidade “limpa” ( eólica ou biomassa) que ela produz. Um escândalo comparado com o que a EDP recebe do Estado espanhol nas mesmas circunstancias ou um escândalo maior se comparado com o que a EDP recebe nos EUA em idênticas circunstâncias. A EDP recebe 101,8 € por cada MWH de eletricidade "limpa" produzido em Portugal. Mas em Espanha onde o seu poder de influência é menor contenta-se com 88 €e nos EUA basta-lhe 35,82 € (ver aqui) e ainda ganha o que deve ganhar, obviamente.

Porque paga então o nosso governo (nosso salvo seja, abrenúncio) tanto à EDP. Ora, ora… é que a EDP, no passado e no presente, mesmo depois de privatizada por Passos/Portas e nacionalizada pelo governo chinês, é amiga dos Srs. que nos governam. No governo os corruptos dão dinheiro (o nosso é claro, não o deles) à EDP em forma de legislação favorável, rendas, etc. e a EDP, amiga, devolve uma centésima parte dos dinheiros de favor do governo aos Srs. governantes quando abandonarem a governação sob a forma de um emprego de luxo. Só uma centésima parte? Claro, os Srs que fazem parte deste clube recreativo da majestática EDP, são uns meros empregados ainda que de luxo. Os lucros… esses têm de ir para os grandes acionistas que pertencem já ao bando dos "donos de Portugal".
Vejamos só a título de curiosidade aqui: link quem são os 23 membros desse órgão, montra honorífica e manjedoura de portugueses dos mais ilustres que não percebem porque o desprezível povão os não reverencia. E se quiser conhecer os curricula destes nobres escudeiros é só um clique no ilustre nome de cada um (no site da EDP. Link umas linhas acima) e lá vêm além dos muitos graus académicos as funções governamentais que exerceram.

Entre os 23 felizes contemplados, orgulho da nação empobrecida, há quatro chineses, um Sr. do Dubai, um da Argélia e dois de Espanha. Os restantes 15 são portugueses dos quais 6 foram ministros (4 de governos do PSD e 2 de governos do PS ainda que um destes tenha sido um ministro emprestado pela direita a Guterres. Há ainda um general e governante em Macau, e vários banqueiros além de pessoal das grandes corporações nacionais.
São portugueses dos melhores e não da canalha que vive acima das suas possibilidades. Estes portugueses nem conseguem por mais que gastem estar à altura das suas possibilidades. Quase todos estes ilustres delapidadores da minguada riqueza nacional têm remunerações de muitas mais origens. Para alguns estes 30 ou 40 mil euros mensais são pouco mais que uns trocos.
Lembram-se daquele Sr. já um pouco confuso que Passos Coelho que faz de 1ºM pôs a MNE que se dizia ter 30 tachos e eu que não acreditei fui à net e encontrei numa das corporações empresariais em que se aboletava e vi que ele declarava no seu currículo 33, sim, 33 empregos simultâneos.

O Presidente desta seita supervisora da EDP é o Sr Eduardo Catroga e é remunerado a 40 mil euros mensais. Dizem os invejosos e detratores que tal se deve à gratidão do CC do PC Chinês pela ajuda que deu, como conselheiro e sponcer de Passos Coelho, à excelente privatização (portuguesa)/nacionalização (chinesa)).
O vice presidente - diz-me aqui o meu vizinho Nicolau que sabe tudo ou quase tudo - que esse fica-se pelos 35 e os outros pelos 30 mil euros mensais 14 vezes por ano. E que ainda há os prémios e os carros e os gabinetes e os cartões de crédito e as viagens de inspeção por esse mundo de Deus, etc, etc. Gastamos – diz-me ele - nas nossas faturas da eletricidade, só com esta rapaziada chique uns 16 milhões em vencimentos e outros 16 milhões nas coisas que têm que gastar para exercerem convenientemente a suas funções patrióticas sinolusitanas.
_____________________
 
Conselho Geral e de Supervisão da EDP - Composição

Eduardo de Almeida Catroga  - Presidente   ex- min de CavacoDingming Zhang
Vice- presidente (em representação da China Three Gorges Corporation)
Guojun Lu - Vogal (em representação da China International Water & Electric Corp.)
Ya Yang - Vogal (em representação da China Three Gorges New Energy Co. Ltd.)
Shengliang Wu - Vogal (em representação da China Three Gorges International - Europe - S.A.)
Felipe Fernández Fernández -Vogal (em representação da Cajastur Inversiones, S.A.)
Luis Filipe da Conceição Pereira  -  Vogal (em representação da José de Mello Energia, S.A.)   ex-min de Barroso
Mohamed Ali Ismaeil Ali Al Fahim Vogal (em representação da Senfora SARL)
Nuno Manuel da Silva Amado    -   Vogal
Harkat Abderrezak - Vogal (em representação da Sonatrach)
José Maria Espírito Santo Silva Ricciardi - Vogal
Alberto João Coraceiro de Castro-  Vogal
António Sarmento Gomes Mota    -  Vogal
Maria Celeste Ferreira Lopes Cardona  - vogal - Ex- min de Barroso
Fernando Masaveu Herrero  - Vogal
Ilídio da Costa Leite de Pinho  -   Vogal
Jorge Braga de Macedo  - Vogal   -  Min Finanças Cavaco
Manuel Fernando de Macedo Alves Monteiro  - Vogal            
Paulo Jorge de Assunção Rodrigues Teixeira Pinto – Vogal
Vasco Joaquim Rocha Vieira    -  Vogal
Vítor Fernando da Conceição Gonçalves - Vogal
Rui Eduardo Ferreira Rodrigues Pena - Vogal (Presidente da Mesa da Assembleia Geral)  - Min Defesa PS  Guterres
Augusto Carlos Serra Ventura Mateus  - Vogal - ex- min  PS Guterres

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?