.comment-link {margin-left:.6em;}

2004-08-21

 

Relativizando as Ideias (IV)

Alguns comentários e sugestões têm sido avançados sobre umas quantas impressões que aqui registamos acerca de uma breve estadia em Luanda, designadamente a da criação de uma tertúlia para debater e fazer "doutrina" sobre a cooperação portuguesa com África.

Não duvido que se trata de um tema fundamental, sobre o qual há poucas ideias e pouca dinâmica governamental. Sou de opinião que justificar a fraca cooperação existente pelas limitações financeiras é um argumento de má fé ou de ignorãncia, pois o que tem faltado é sobretudo uma estratégia enquadradora do tipo de cooperação e de acções.

No entanto, este blog não reúne condições para desenvolver com a dimensão ambicionada as sugestões avançadas. Não se trata de uma fuga às questões mas apenas de ter os pés na terra.

De toda a forma, o blog está aberto, sob a forma de post, a todos os comentadores que queiram abordar a cooperação portuguesa.




Comments:
A empresa onde trabalho está instalada há 10 anos em Angola, com grande sucesso e não precisou de participar em comitivas mediáticas para o alcançar.
 
Ainda bem que há empresas portuguesas com sucesso em África. Isso não significa que não se deva apostar numa estratégia de cooperação que alargue o leque de empresas a trabalhar lá, embora a cooperação não se limite aos aspectos empresariais. Aqueles países precisam por exemplo de professores e que condições e incentivos dá o nosso país a jovens professores para se deslocarem para lá. Em França os incentivos são aliciantes quer em termos de salários quer em termos de contagem de tempo.
Ana Valente
 
No "enigmas à solta", o debate vai animado. Aqui tb, embora algo mais "construtivo" com os comentaristas a sugerir coisas talvez impossíveis, nos quais eu próprio me incluo. Pelo menos pelo meu lado qdo apoiei o tratamento do tema cooperação não espero um tratado, mas de ideias, pistas. e acho que o v/ blog pode contribuir para isso. Certamente interessa-vos mais a política, mas acho que isto tb é política: a política aplicada. Francamente interessam-me mais os problemas de que quem vai ganhar no PS.
C. Fernandes
 
"Relativizando as ideias" foi/está a ser interessante, assim como o blog no seu conjunto, pq nos tempos que correm em que a demagogia e a desinformação dominam é sempre interessante poder aceder a algo diferente. só peço que não se cansem e que procurem tempos diversificados e menos abordados por vezes pq incomódos.
 
A cooperação com África deveria ser um desígnio "nacional". Para além do apoio a empresas que nem sempre precisa de mto dinheiro mas de criar informação adequada e de abrir portas pode ser um campo mto vasto de preparação para a nossa juventude. Trabalho frequentemente em África e o que me fascina é ver tanta juventude estrangeira aí a trabalhar sobretudo em ONGs. Acho que esses países estão a fazer uma boa sementeira. Por cá contratamos secretárias aos montes para os gabinetes dos Min e dos Secs.
 
há blog políticos em demasia. era interessante que continuassem nessa via equilibrando a postura política com o tratamento de outros temas. Este de África é interessante. Havia que forçar os governos a ter uma política de cooperação séria de cooperação. mas séria nos dois sentidos, para eles e para nós. Não temos que ir para lá com ar paternalista. Os povos de àfrica precisam é que lhes leve conhecimento e investimento paras eles retiraram riqueza das muitas potencialidades que têm, certamente algumas hoje já ultrapassadas.
franco Silva
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?