.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-05-28

 

Dias Loureiro cai do pedestal. Demite-se

... É exímio em encontrar argumentos. Alega, não se ter demitido pelo que Oliveira Costa disse no Parlamento. Demite-se para que ninguém pense que usava o estatuto de ser Conselheiro de Estado para se proteger. Ninguém pensa. A nossa fé não tem limites. Acreditamos em Dias Loureiro e na protecção do seu protector, o Presidente, que continua a dizer que tem fontes privilegiadas de informação e que está nesse aspecto acima do cidadão comum, mas ainda nenhuma fonte o inspirou de forma a que Dias Loureiro não esteja ao nível dos outros Conselheiros.

Francamente, se fosse conselheiro, mesmo amigo do Presidente, ia dar uma curva perante esta comparação. Mas admito esta atitude só pode ser de um ser um tanto quanto esquisito.

Dias Loureiro demitiu-se, então presumo eu, pelos bons negócios não reconhecidos que levou a SLN/BPN a fazer, entre eles os negócios de Marrocos e de Porto Rico que tantas mais valias trouxeram ao grupo BPN. Negócios esses realizados através do seu amigo marroquino, o braço direito do anterior Rei de Marrocos, que o seu filho e actual rei, quando chega ao poder, uma das primeiras coisas que fez, foi mandá-lo prender exactamente pelas suas excelsas virtudes.

Etiquetas: ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?