.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-07-09

 

AS GAFFES DA DRA JÁ COMEÇARAM

Não é possível dizer com todas as letras que se "rasga" qualquer coisa e um mês depois afirmar-se o contrário.
A isto chama-se dar tiros nos pés (descalços).
Há palavras assassinas. Rasgar, é uma delas. E tem efeitos secundários. Não dá para entrar em coma mas o risco de incêndio é elevado . Rasgar ou queimar é o mesmo. Ou seja, indicia um corte associado a uma perda de algo irrecuperável e a necessidade de começar tudo de novo porque o registo anterior desapareceu de forma radical.

Foi o que ouvimos Manuela Ferreira Leite afirmar a 25 de Junho. Foi uma frase forte. Demasiado forte. Um erro que o PS, com toda a certeza, há-de explorar, sobretudo no que toca a medidas sociais.
Hoje, pasme-se o disco mudou. A lider do PSD até elogiou medidas do governo PS numa baralhada tal que só visto e que não rasga as declarações anteriores. O PS já veio lembrar as contradições. Reagiu com sorrisos - é óbvio - dando garantias de que há-de lembrar e relembrar o que foi afirmado em dois tempos. Tudo registado para memória futura. Factos são factos.

As pessoas acham que comunicação é para todos. Mas não é. Aprendemos a falar, é certo. Poucos a ouvir e muito poucos a analisar as repercussões do que dizem, sobretudo quando exercem cargos públicos. "Saíu-me?, desculpa. Não queria dizer isso. Vá lá... tu conheces-me, não ligues". Isto aceita-se entre amigos de longa data. Mas a dra., tal como o engº, não são amigos de casa de 10 milhões de portugueses. O mesmo se passa com o senhor de Belém que ficou muito ofendido com a linguagem gestual do ex-ministro da Economia. Se a memória imediata é curta, a memória histórica nem por isso. E sempre que se falar do professor Cavaco Silva a imagem da boca cheia de bolo-rei, linguagem gestual com significado negativo, permanecerá sempre na retina como alguém mal-educado. Se o ex-governante ofendeu os deputados, então Cavaco Silva ofendeu todos portugueses porque de forma directa mando-os "bugiar". Daí que sugira uma atenção especial à fórmula "emissor/receptor - mensagem - feedback".

Etiquetas:


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?