.comment-link {margin-left:.6em;}

2009-12-14

 

O inesperado destino das cartas anónimas (4)



Raimundo Narciso acha "coisa bonita" o acesso de Vara ao megafone audiovisual que a Judite lhe estendeu. Apesar de não lhe gabar o gosto, respeito-o. Se o 1º Ministro vai à RTP1 quando quer, porque não Vara? Aliás, o grau de probabilidade de Armando Vara ser entrevistado por qualquer outro canal é muito baixo. Nisso segue o líder. José Sócrates também não gosta muito da SIC nem da TVI. Não as acha provavelmente tão bonitas quanto o canal do Estado.

Evitando qualquer uma das questões levantadas relativamente às inconsistências do discurso vareiro, Raimundo Narciso esperava mais de mim. Como eu o compreendo... Entretanto, não tendo levado o que esperava, tira do meu texto o que lá não está. Não sendo coisa bonita de se ver, não o deixarei sem um breve e amistoso comentário. Não seria eu, por certo, a pessoa indicada para pedir ao PS que acabasse com o capitalismo.

Primeiro porque não faz sentido "acabar" com uma coisa tão bonita. Isso requereria um utopismo (coisa que os dirigentes do PS perderam por completo) e um radicalismo (que eriça a liderança social-democrata do PS) desajustados do Largo do Rato. Depois, porque muitos dos altos quadros do PS se esqueceram que o Partido Socialista deveria ter uma ou outra característica que fizesse lembrar um socialismo qualquer.

Não é o caso.

Então?

Vamos continuar a ver os estigmatizados banqueiros na RTP1 a defenderem-se tenazmente das acusações maldosas que lhe são feitas, enquanto se nega esse recurso aos restantes. Como o meu amigo Raimundo Narciso vê nisso uma coisa bonita (e higiénica até!), quem sabe se, bem vistas as coisas, não nos rendemos todos à estética cor-de-rosa dos benfeitores da alta finança? Afinal são menos e têm, como se sabe, meios de defesa mais eficazes. Deve dar gosto cerrar fileiras para os defender...

Que não se podia contar com o PS para acabar com o capitalismo, já se sabia. Tomar a defesa de banqueiros antes de saber se vão ou não ser acusados, fia mais fino. Mas também é certo que a combinação de duas mentiras não faz uma verdade.

Afinal a gaveta onde Armando Vara guardava a tal desqualificada carta anónima não é a mesma onde Mário Soares meteu o Socialismo.

Mas são da mesma mobília.

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?