.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-01-15

 

"O Cavaquistão da Coelha"

Ao ler a reportagem da Visão que ontem veio a público sobre o "Cavaquistão da Coelha" fico a perceber melhor porque Cavaco Silva se recusa terminantemente a esclarecer o seu negócio das acções da SLN com Oliveira e Costa ("caso do BPN"). É que a explicação destrói a imagem que tão laboriosamente de si procura criar de honestidade e retidão tal que terá de nascer duas vezes o português que o suplante em tais qualidades. É que a explicação abriria um precedente. Teria que explicar outros negócios obscuros (reportagem da visão: clic nas imagens) que lhe deram, na companhia do pessoal do BPN, na "Aldeia da Coelha", em Albufeira, uma vivenda de três pisos, seis quartos (cinco duplos), 6 casas de banho, piscina e mais 1600 metros de área descoberta. Para um "mísero professor", como ele se chamou, não está mal. 
Ao não querer explicar estes casos, Cavaco Silva pretende risivelmente colocar-se acima do comum dos mortais e das regras democráticas e adensa as suspeitas sobre a sua conduta.
A reportagem informa que um destes seus amigos, seu apoiante e vizinho no seleto "Cavaquistão da Coelha", Fernando Fantasia, era o accionista de duas empresas do universo da SLN e que em sociedade com esta comprou terrenos da herdade de Rio Frio, Alcochete, poucos dias antes de ser conhecida a transferência da localização do novo aeroporto de Lisboa da Ota para Alcochete. Soube-se que a mudança da Ota para Alcochete se deve, em parte, às diligências de Cavaco Silva junto das Forças Armadas para a cedência da área militar de Alcochete para o aeroporto. Dada a proximidade de Cavaco Silva a esta gente não surpreende que a suspeita de informação privilegiada tenha surgido.
É chocante que Cavaco não tenha tido até hoje uma palavra de recriminação da
gentinha do BPN que, em negócios para enriquecimento próprio e dos amigos, lesou o país em mais de 2 mil milhões de euros que agora irão ser pagos por todos nós.
Diz-me com quem andas dir-te-ei quem és, diz o ditado. 

Etiquetas: , , ,


Comments:
É pena! É pena que todos estes casos, dignos do império de Boukassa, Mobutu etc, só sejam revelados quando têm interesse como metralha para a dramatização, no fundo, para fazer crer ao povão que pode e deve "escolher". Freeport, sutateiros, Varas, BPN/SLN,coelheira etc etc etc. A mim já me enganaram durante muito tempo, mas acabou!
A indiscutível e inatacável figura de ACS ficou bem evidente na protecção, até ao intolerável, desse génio empreendedor, também ele vindo do Povo, também ele tendo subido a pulso, dada a Dias Loureiro. Para tudo há uma razão e C. Silva lá tinha a sua.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?