.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-03-26

 

Estou que não posso. Ai vou, vou... vou meter a mão no pote

Com um sol tão bonito fui ao parque. Passeava descuidado da crise, saboreava a Primavera, esquecia o Passos, o Jerónimo, o PEC e o Portas quando, mesmo à minha frente, com mesinhas cá fora, chapéus de sol e a promessa de um café, uma esplanada no jardim. Iniciava o ritual de beber soletradamente, gole a gole, a fumegante bebida da manhã quando alguém me disse  olha é o Portas! E era. Mas o outro. O irmão. O Miguel.

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?