.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-01-13

 

A situação económica da Madeira é muito grave

Tudo se prepara para que na próxima 2ª feira, dia 16, seja assinado o programa de resgate do afundamento das finanças e economia da Região Autónoma da Madeira, levado a cabo pelo desgoverno de 30 anos do Dr. Alberto João Jardim.

Os resultados desse desgoverno, que são factos indesmentíveis, são a prova da inconsciência e incapacidade de quem não reunia o mínimo de condições, mas teve o poder e exerceu-o com a total impunidade, nunca pensando que esta situação pudesse alguma vez acontecer-lhe.

Faz pensar porque razão os políticos nunca são responsabilizados pelos actos de má gestão e governação. Não há lei para eles. Não conheço caso algum. Apenas em situações e poucas de corrupção chegam à barra dos tribunais.

Ontem à noite assisti a um debate na TVI24 entre Guilherme Silva (PSD/M) e Jacinto Serrão (PS/M) deputados na AR pela Madeira.

Um mau debate, nada esclarecedor sobretudo por parte de Guilherme Silva que andou aos papéis, mostrando que pouco sabia do teor das negociações e uma péssima moderação do jornalista que bem a dizer "desmoderou".

O deputado Guilherme Silva queria era falar, falar,... fazer passar o tempo evitando defrontar-se com questões que pouco dominava, percebia-se a técnica. Passou o tempo a atropelar claramente Jacinto Serrão, que também não se salientou pelo brilhantismo mas pelos atropelamentos de Guilherme Silva.

Resumindo, nada se avançou sobre o plano de resgate, mas não posso deixar de registar uma frase de Guilherme Silva sobre Jardim: "a posição do Dr. Alberto João Jardim é de absoluta honestidade".

Posição sobre quê?

Sobre o Plano de Resgate. Quem conhece a carta de intenções, segundo a versão institucional, "elaborada" na Madeira pelo Governo Regional compreende que esta frase é destituída de sentido. É mera propaganda, mas da pior. Jardim assinou tudo, o possível e o impossível e, agora, no Plano de resgate fará o mesmo. Como se diz "ele não tem dinheiro nem para mandar cantar um cego". Assina tudo


Etiquetas: ,


Comments:
O pior que a Madeira vai sofrer são os efeitos daquilo a que que os Madeirenses chamam "Obra feita".

A obra feita destes 30 anos, Tuneis e viadutos, são um custo eterno que tornaram a Madeira uma região inviável.

Tal como os campos de futebol e certas estradas do continente.

Mas que porca moséria!!!!
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?