.comment-link {margin-left:.6em;}

2012-02-22

 

A Irlanda e Portugal estão agora na fase do programa em que a Grécia começou a falhar

Esta frase não é minha. É da jornalista Helena Garrido, Directora-adjunta do Jornal de Negócios, no editorial de hoje "o teste à terapia da austeridade".

Fiquei a matutar nesta frase. E de facto faz sentido. Até à data Portugal, ou melhor dito, o governo português produziu uma série de medidas de austeridade com efeitos recessivos e só agora começam a aparecer os resultados. E esses resultados pouco aboanam em favor das medidas tomadas; menores as receitas fiscais (a quebra das receitas segundo os dados públicos rondam os 10%) e a despesa pública apresenta a mesma tendência dos governos anteriores, ou sejam nem sequer estabilizam, o que face aos cortes salariais da função pública, no mínimo, pouco se percebe.

A conclusão é lógica, a terapia da austeridade não nos leva a muito longe. Afunda-nos e mostra que é preciso outro caminho, ou que pelo menos por este não se chega a lado nenhum.



Etiquetas: , ,


Comments:
Os portugueses foram uns otários ao caírem na ratoeira do NEGÓCIO DA DÍVIDA: de facto, há séculos e séculos que o Negócio da Dívida é a mesma coisa:
- sempre que um agiota quer 'deitar a luva' aos bens de alguém... o agiota acena com empréstimos... que sabe que não vão conseguir pagar... até porque, frequentemente, o agiota 'trata' de complicar a vida ao devedor!
RESULTADO FINAL: quem foi atrás do aceno de empréstimos (feito pelo agiota) vê-se espoliado... e o agiota fica com os seus bens!
Hoje em dia, mega-agiotas não se limitam a acenar a famílias... eles acenam a países inteiros!
[uma obs: a Goldman Sachs chegou ao ponto de camuflar a dívida grega... para que depois... mega-agiotas pudessem deitar a luva a activos gregos (e não só: consequências do chamado 'efeito dominó'!) a preço de '''saldos'''(empresas estratégicas para a soberania nunca deveriam ser vendidas)].
É ALTURA DE ANALISAR:
1- em Portugal, quem é que andou a silenciar ''Medinas Carreiras''?
2- em Portugal, quem é que nos ANDOU A EMPURRAR para o Negócio da Dívida?
.
.
P.S.
Sem dúvida que o objectivo final de tudo isto [Biliões para os banqueiros = Dívidas para as populações] é a implosão das soberanias!...
-> A superclasse (alta finança internacional - capital global, e suas corporações) não só pretende conduzir os países à IMPLOSÃO da sua Identidade (dividir/dissolver identidades para reinar)... como também... pretende conduzir os países à IMPLOSÃO económica/financeira.
-> Só não vê quem não quer: está na forja um caos organizado por alguns - a superclasse: uma nova ordem a seguir ao caos... a superclasse ambiciona um neo-feudalismo.
.
.
P.S.2.
A liberdade de expressão na internet traz perigos, sim... mas... a implementação do lápis azul (vulgo censura) na internet - tal como já existe nos Media - traz perigos muito muito maiores! [um exemplo: as 'n' pessoas contra a ratoeira do Negócio da Dívida... que não puderam exprimir as suas opiniões]
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?