.comment-link {margin-left:.6em;}

2013-11-18

 

De Coelho a Rato

Passos Coelho nomeia Vasco Rato para a FLAD em substituição de Maria de Lurdes Rodrigues que tinha a seu favor ter posto ordem na casa que Rui Machette deixara em estado deplorável e em seu desfavor ter sido indicada pelo anterior governo de Sócrates que, como se sabe, suscita compreensivelmente um ódio possesso a alguns portugueses pelos terríveis males infligidos à pátria e ao mundo, desde responsabilidades devidamente apuradas no dilúvio bíblico até, segundo fontes bem informadas de Massamá, na recente tragédia das Filipinas.
Rui Machette que fora distinguido pelos embaixadores norte-americanos por acusações de delapidar em luxos e ostentação pessoal o dinheiro da Fundação foi substituído por Maria de Lurdes Rodrigues ex- ministra da Educação. Teria o embaixador americano má opinião também a seu respeito para levar o lépido Coelho a substituí-la com tanta urgência por Rato?
“Maria de Lurdes Rodrigues ... arrumou a casa e pôs termo a uma certa parasitagem que cirandava pela Fundação. O embaixador norte-americano em Lisboa, Allan J. Katz, viu-se obrigado a sair em sua defesa:
“(…) apoiámos a nova Presidente da FLAD, a Professora Maria de Lurdes Rodrigues, e as suas iniciativas para implementar mudanças significativas na política de investimento e na gestão da organização. Actualmente, a situação financeira da FLAD é sustentável e os objectivos e parâmetros de sucesso da instituição foram refinados. Um estudo recente mostra que a FLAD reduziu os seus custos administrativos em mais de 20% o que faz da instituição um bom modelo para o Governo no seu esforço para encorajar a eficiência administrativa em todas as fundações. Com a hábil liderança da Professora Maria de Lurdes Rodrigues, e com o seu constante apoio e dedicação, a FLAD focou-se com sucesso em quatro áreas importantes: a internacionalização de instituições portuguesas, a língua e a cultura portuguesas nos Estados Unidos, as relações transatlânticas e as políticas públicas e um programa para os Açores.’ “
Mas, convenhamos, Vasco Rato é um rapaz do círculo IN do rapaz de Massamá…

Etiquetas: , , ,


Comments:
Por melhor que seja a democracia, e o regime de mudanças de governos a intervalos regulares, traz, em sociedades de débil preparação CÍVICA, como é a nossa, o inconveniente de, a cada mudança, se substituírem todos os «boys» sentados nas cadeiras pelo governo anterior. Isso fica caríssimo ao dinheiro público, porque os que saem vão para tachos não apenas públicos, mas de instituições a quem fizeram favores e recebem pensões vitalícias (ou mais ou menos). *
Por este andar em breve estará quase toda a população, que saiba fazer a assinatura, em lugares de pouca ou nenhuma utilidade a comer à sombra do erário. E quem lhes paga? Depois os que pagam não conseguem suportar toda a matilha. Só então, e não estamos longe, se acordará e se limparão as teias de aranha, se deitarão os Miguéis de
Vasconcelos à rua, de fará a desinfecção, desinfestação, desratização, a monda, a selecção para purificar o regime. Vai sendo urgente agir em tal sentido.

Cumprimentos
João
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?