.comment-link {margin-left:.6em;}

2014-06-08

 

O BCE? Deixa ver se percebo

- Ó seu Zé, eu isso não percebo nada. Chame ali o Sô Antunes que ele é que sabe lá das políticas.
- Oh Sr Antunes, explique lá isso do Banco Central Europeu, aqui à rapaziada.

Vá lá mas só mais esta vez que eu não estou para andar sempre a falar p' ó boneco. O BCE é o banco central dos Estados da UE que pertencem à zona euro, como é o caso de Portugal.
- E donde veio o dinheiro do BCE?
- O dinheiro do BCE é dinheiro de nós todos, europeus da zona euro, na proporção da riqueza de cada país. Os seus accionistas são bancos centrais de cada país do euro.
- Então se é o banco destes Estados pode emprestar dinheiro a Portugal, não? como qualquer banco pode emprestar dinheiro a um ou outro dos seus accionistas.
- Não, não pode.
- Porquê? Porque... porque, bem... já lá vamos (não interessa falar muito alto, isto é assunto para entendidos, não é para se ouvir aí pela rua)
- Então a quem pode o BCE emprestar dinheiro?
- A outros bancos, já se vê, a bancos alemães, bancos franceses ou portugueses.
- Ah percebo, então Portugal, ou a Alemanha, quando precisa de dinheiro emprestado não vai ao BCE, vai aos outros bancos que por sua vez vão ao BCE e tal.
- Pois.
- Mas para quê complicar? Não era melhor ir directamente ao BCE?
- Não. Sim. Quer dizer... em certo sentido... mas assim os bancos não ganhavam nada nesse negócio.
- ??!!..
- Sim os bancos precisam de ganhar alguma coisinha. O BCE, por exemplo, empresta 40 mil milhões de euros (mais ou menos o que Portugal precisa de pedir emprestado este ano) ao banco XPTO, a 1% e o banco XPTO (ou um conjunto de bancos XPTO) empresta a Portugal a 7%. E ganha o seu.
- Mas porr gaita então por ir de avião a Bruxelas e vir para cá com a massa precisam de ganhar tanto dinheiro?
- É só 6%, que neste caso representa apenas 2 mil e 400 milhões de euros. E não tem de se deslocar a Bruxelas, nem precisam de levantar o cu o rabo da cadeira, isso é tudo feito informaticamente, pela web, - vocês não percebem mas é nada disto. E qual Bruxelas qual carapuça. A sede é na Alemanha, em Frankfurt, onde é que havia de ser?
- Mas, assim, são uma cambada de ladrões... com esse dinheiro escusava-se até de cortar nas pensões, no subsídio de desemprego ou de nos tirarem o 13º mês que já dizem que vão tirar...
- Mas, oh seu Zé, você agora tá armado em comunista ou quê?
- Mas quem é que manda no BCE e permite um roubo, um escândalo destes?
- Mandam os governos dos países da zona euro. A Alemanha em primeiro lugar que é o país mais rico, a França, Portugal e os outros países.
- Deixa ver se percebo. Então os Governos dão o nosso dinheiro ao BCE para eles emprestarem aos bancos a 1% para depois estes nos emprestarem a 7 a nós que somos os donos do dinheiro?
- Não é bem assim. Nós, nós, qual nós? O país, Portugal ou a Alemanha, é composto por gentinha vulgar e por pessoas importantes que dão emprego e tal. Você quer comparar um borrabotas qualquer que ganha 600 euros por mês com um grande accionista que recebe 5 ou 10 milhões de dividendos por ano, ou um administrador duma grande empresa ou de  um banco que ganha, com os prémios a que tem direito, uns 80, 100 ou 150 mil euros por mês ou, como o antigo presidente do BCP, que segundo os jornais, tem uma justa reforma de 175 mil euros por mês? Não se pode comparar.
- Mas e os nossos Governos aceitam uma coisa dessas?
- Os nossos Governos, os nossos Governos... mas o que é que os governos podem fazer? Por um lado são na maior parte amigos dos banqueiros ou estão à espera dos seus favores ou de um empregozito razoável quando lhes faltarem os votos. Em resumo, não podem fazer nada, senão quem é que os apoiava?
- Mas oh que porra de gaita então eles não estão lá eleitos por nós?
- Em certo sentido sim, é claro, mas depois... quem tem a massa é que manda. Não viu isto da maior crise mundial de há quase um século para cá? Essa coisa a que chamam sistema financeiro que transformou o mundo da finança num casino mundial como os casinos nunca tinham visto e que ia levando os EUA e a Europa à beira da ruina? É claro, passaram-se com a massa e deixaram a canalha que tinha metido o dinheiro nos bancos e nos fundos a ver navios. Os governos, nos EUA e cá na Europa tiveram que repor o dinheiro.
- E onde o foram buscar?
- Onde havia de ser aos impostos, aos ordenados, às pensões. Donde é que havia de vir o dinhero do Estado.
- Mas meteram os responsáveis na cadeia.
- Na cadeia? Que disparate. Então se eles é que fizeram a coisa só eles é que têm o remédio, só eles é que podem arrumar a casa. É claro que alguns mais comprometidos como Raymond McDaniel, que era o presidente da Moody's foram passados à reforma. Com a indemnização a que tinha direito, que para este Raymond McDaniel foi 10 milhões de dólares. Oh Sr José não esteja a abrir a boca assim! Não percebe que para pessoas importantes 10 milhões não é nada...
- Oh sô Antunes, mas então como é? Comemos e calamos?
_______________________
Este post foi escrito em 18 de Abril de 2011 (e encontra-se com esta data em http://puxapalavrainextenso.blogspot.com e também mas só parte neste blog em 2011 -04-18) mas ao introduzir-lhe, hoje, a foto da nova sede do BCE, o blog assumiu a data de hoje 2014-06-08

Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?