.comment-link {margin-left:.6em;}

2010-03-28

 

Para onde "marcham" as Pousadas de Portugal?

Já me tinham dito que a qualidade de serviço nas Pousadas de Portugal estava a abastardar-se.

Já tinha tomado contacto com esta situação há um ano atrás.

Mas esta semana estive no 1º congresso de turismo do Alentejo, em Beja, e tendo ficado alojado na Pousada de São Francisco verifiquei quanto, de ano para ano, a má qualidade impera. Desde a qualidade da refeição ao atendimento, ao tratamento dos arredores, a pousada está a léguas do que já foi. Um mal que se alastra a muitas outras.

Só me interrogo se a concessão das Pousadas de Portugal ao grupo Pestana não tem uma cláusula de exigência de qualidade. E se a tem quem monitoriza? Ou faz-se olhos mortos por ser o grupo Pestana, o maior grupo de turismo português a prestar um mau serviço ao turismo nacional? Porque de mau serviço se trata com graves consequências neste sector de actividades considerado estratégico para a economia do país.

Com esta imagem, Portugal não vai longe no turismo...

Etiquetas: , , ,


Comments:
Há muito que este tipo de crítica, em relação às Pousadas de Portugal, passa de boca em boca. O pior do marketing. Come-se muito mal, o serviço é péssimo, os edifícios estão ao abandono e perderam o charme de uma das melhores ofertas turísticas do país. Será que os responsáveis políticos pelo turismo português vão ignorar este "assassinato" das Pousadas às mãos do Grupo Pestana?
Deveria haver um movimento de cidadãos no sentido de exigir medidas imediatas.
 
Obrigado pelo vosso alerta sobre as Pousadas de Portugal...

É verdade o que escrevem... Mas a realidade é muito pior.

Desde logo é completamente secreto o Contrato de Cessão de Exploração assinado com o Grupo Pestana Pousadas, Pela ENATUR/Tesouro/Turismo/Estado; Não há forma de o fiscalizar.

Não se cumpre assim o direito à informação das Comissões de Trabalhadores;

A ENATUR tem hoje só funções referentes ao património e de fiscalização da exploração, mas nada faz;

As Pousadas perderam desde Setembro de 2003 mais de 400 trabalhadores, diminuindo a qualidade de serviço desde os quartos aos restaurantes;

Os trabalhadores sofrem constantes pressões, assédio moral. Há muitas baixas médicas e até psiquiátricas que resultam da pressão para serem transferidos para outros locais, cujo objectivo é que os trabalhadores se fartem e se vão embora, com demissões ou rescisões por mútuo acordo...

Mas atenção, isto é só ilusão... Para o Grupo Pestana Pousadas vivemos num mundo perfeito...
 
Por alguma razão deixei de renovar o cartão Pousadas. Não vale a pena o investimento. E enquanto o Estado não tomar uma atitude perante o grupo Pestana, esta deveria ser uma reacção consciente dos clientes. Esquecem-se que esta informação negativa é passada quer internamente quer no estrangeiro. Sou incapaz, neste momento, de recomendar o destino Pousadas de Portugal.
 
Meus caros comentadores

Se os nossos comentários contribuirem para que se ponha cobro à degradação das Pousadas de Portugal dou o meu tempo por bem empregue. Foi uma denúncia que como cidadão achei que era obrigação fazer.
 
Já me disseram que o mesmo se passa na Pousada de Vila Nova de Cerveira.
 
Vila Nova Cerveira é uma confusão.

Fechou para obras, foi pedido parecer ao IGESPAR, mas como as anteriores obras foram feitas à revelia da legislação que protege, e muito bem, o património, actualmente o IGESPAR parece que não autoriza as obras enquanto não se fizer a reformulação dos chamados elementos desqualificadores que foram feitos sem autorização.

Uma confusão...

Os trabalhadores mais uma vez é quem paga a factura. Foram transferidos para outras Pousadas. Os que aguentaram estão por lá. Os que não aguentaram ou se demitiram ou rescindiram por mútuo acordo, para o Grupo Pestana Pousadas continuar a dizer que nunca despediu ninguém.
 
Mas será que não um jornal ou televisão neste país que trate este assunto? Nem um deputado na Assembleia da República levanta esta questão laboral? E o Turismo de Portugal sabe ou não desta situação que só despretigia o turismo português?
Ana Teresa
 
A Ana Teresa pode comprar o DN de hoje que traz uma reportagem sobretudo sobre a Pousada de Sousel.
 
Nem sempre as denúncias tem o eco que queremos. Mas na verdade estamos a tentar, como se pode ver pelo artigo de dia 2 no DN e outros a propósito da reabertura da Pousada de Elvas.
 
Pois, mas o Diário Económico...conseguiu falar nas pousadas sem uma referência ao assunto.
 
É um mal geral...e não é só nas unidades...passem na sede do Grupo Pestana Pousadas às 23.00 e vejam lá pessoas a trabalhar, trabalhar e sem receber um tostão...e a isto a Autoridade das Condições do Trabalho, olha para o lado e fingem que não vê nada...afinal não são sós os bancos que obrigam pessoas a trabalhaR até tarde SEM PAGAR.
 
Caro João posso acrescentar a minha própria experiência. Estive este fim de semana na Pousada de Belmonte e a única coisa que está de acordo com a classificação de "Hotel de luxo" é o preço que se paga pela estadia e serviços. Os quartos estão mal equipados, os empregados - embora simpatiquíssimos - não conseguem atender as solicitações dos hóspedes pois têm que desempenhar diversos "papeis". Dou como exemplo, quis tomar um café... tive que ir até à vila de Belmonte pois não consegui faze-lo na Pousada...
Pequeno almoço mínimo... produtos de higiene o menos possível... etc.
Em Abril de 2011, estive na Pousada de Santa Maria do Bouro e vi-me obrigada a pedir produtos de higiene porque apesar de ter feito reserva de quarto duplo, no quarto apenas havia produtos de higiene para uma pessoa...
Os hotéis do G. Pestana estão nas mesmas condições, infelizmente também vivenciei as mesmas experiências em diferentes hotéis do Grupo em diferentes países...
Qualquer semelhança entre a publicidade que o G. Pestana faz no seu próprio Site e a realidade, é pura coincidência!
PS – Esta mesma crítica já deixei bem documentada em diversos hotéis e pousadas do G. Pestana onde fiquei hospedada… sem qualquer feedback da parte do Grupo.
Ermelinda Fontes
 
Caro João posso acrescentar a minha própria experiência. Estive este fim de semana na Pousada de Belmonte e a única coisa que está de acordo com a classificação de "Hotel de luxo" é o preço que se paga pela estadia e serviços. Os quartos estão mal equipados, os empregados - embora simpatiquíssimos - não conseguem atender as solicitações dos hóspedes pois têm que desempenhar diversos "papeis". Dou como exemplo, quis tomar um café... tive que ir até à vila de Belmonte pois não consegui faze-lo na Pousada...
Pequeno almoço mínimo... produtos de higiene o menos possível... etc.
Em Abril de 2011, estive na Pousada de Santa Maria do Bouro e vi-me obrigada a pedir produtos de higiene porque apesar de ter feito reserva de quarto duplo, no quarto apenas havia produtos de higiene para uma pessoa...
Os hotéis do G. Pestana estão nas mesmas condições, infelizmente também vivenciei as mesmas experiências em diferentes hotéis do Grupo em diferentes países...
Qualquer semelhança entre a publicidade que o G. Pestana faz no seu próprio Site e a realidade, é pura coincidência!
PS – Esta mesma crítica já deixei bem documentada em diversos hotéis e pousadas do G. Pestana onde fiquei hospedada… sem qualquer feedback da parte do Grupo.
Ermelinda Fontes
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?