.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-01-13

 

Cavaco Silva com o FMI

Cavaco não seria o primeiro a protagonizar a entrada do FMI.

Mas tem é de ser claro. Diga se quer ou não o FMI a ditar as regras em Portugal.

Há quem defenda o FMI porque acha que é uma forma de calar a direita e assim aplicar mais facilmente as medidas conducentes à redução do défice. Há quem defenda o FMI porque entende que Portugal por si só nunca conseguirá chegar a lado nenhum. Há quem queira o FMI para derrubar o governo de José Sócrates.

O candidato Cavaco Silva tem toda a legitimidade de escolher o que quer e pensa. O que deve é não enganar a população. Com uma mão acena que está iminente uma crise que até pode fazer perigar a economia de Portugal, exigindo assim o recurso ao FMI e, com a outra acena que talvez o governo ainda possa empurrar isso lá mais para a frente.

Resumindo Cavaco deixa implícito que este governo está prazo e que se ganhar as eleições irá forjar todas as condições para dissolver a AR.

Preto no branco, Cavaco Silva está a descredibilizar o País no exterior, dando força aos mercados especulativos que até não precisam de ajuda.

O que estes mercados especulativos têm de ter é um freio. Cavaco Silva confundiu-se e funcionou ao contrário, abriu-lhe as portas.

O País não pode ter ficado satisfeito com as dicas de Cavaco sobre a crise que pode vir aí. Essas dicas têm mesmo de ser alvo de repulso.

Dir-se-à, tudo isto é fruto da campanha eleitoral.

Um Presidente não pode ter posições dúbias.

Etiquetas: ,


Comments:
Essas dicas têm mesmo de ser alvo de repulso....repulso repúdio

estas tendências para repulsar o preciosismo das palavras é indicador
de falta de capacidade de previsão

pôr o governo a prazo?

Maio está longe e Cavaco só se preocupa com a imagem de Cavaco

só deitará o PSD ao fogo da reestruturação que ai vem
se o PS permanecer na sua inépcia

Cavaco pode ser estulto mas não repulsa nos repulsos da repulsiva
estupidez

repulsando a repulsividade
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?