.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-02-18

 

Povos que tanto menosprezávamos

As chamas da revolta ateiam por todo o mundo árabe e reacendem no Irão que sendo muçulmano, xiita, não é árabe mas sofre dos mesmos males. Desemprego, grandes desigualdades sociais, falta de perspectivas de futuro digno,  falta de liberdade, ausência de democracia, repressão brutal.
Subi lá acima ao alto do Puxa Palavra e saudei de longe os povos do Magreb e Médio Oriente e muito especialmente os jovens - os Deolinda de lá - pela sua coragem e determinação pela grande lição que dão ao mundo.
Saudo-os com aquela certeza de que eles é que saberão descobrir o caminho que consolide as vitórias já conseguidas e as outras que têm de conquistar.
Tunísia, Egipto, Iemen, Bahrein, Líbia, Síria, Jordânia, Irão e os outros, sem esquecer a Arábia, propriedade da família Saud, de nome completo Arábia Saudita.

Li algures que alguém, daqui do rectângulo, vai à Tunísia ensinar o nosso 25 de Abril, a nossa revolução. Seria bom que trouxessem de lá alguns ensinamentos.
____________

Corre pela web que Mubarak teria por bancos da Suiça, Reino-Unido, França e por esse mundo de Deus afora um aforro de 50 mil milhões de euros.

Etiquetas: , , ,


Comments:
Sim, é que com aqueles "professores" que lá vão, a única coisa que eles podem de facto aprender é como se torna necessário fazer uma nova revolução...se agora não fizerem as coisas "como deve ser".
Há malta com muita lata!!!
CP
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?