.comment-link {margin-left:.6em;}

2011-09-23

 

Dr. Jardim afirma que não enriqueceu

... Não vejo ninguém a acusá-lo de que tenha metido dinheiro no bolso. Não vejo até ninguém a acusá-lo de que nestes 33 anos não tenha obra bem visível: o betão está em todo o lado.

O que lhe apontamos e com muita seriedade é três coisas.

Primeiro, fez muitos investimentos públicos sem interesse social ou económico, jamais recuperáveis, em centros cívicos em demasia, marinas, gastos em estádios de futebol para artificialmente manter clubes na Liga profissional, etc.Como diz o ditado popular "enterrou muito dinheiro inutilmente".

Segundo, em muitas das obras realizadas existem grandes dúvidas de que os processos escolhidos tenham sido os mais eficazes em termos de custos. A partir de decisões erradas, não se pode ter uma racionalidade de custos, mas cai-se no irracional e as obras na Madeira por este campo têm muita expressão. Traduzem-se em milhares de milhões de euros. Deram um grande contributo para a actual dívida da Madeira e respectivos buracos

Terceiro, apesar de tantos anos de poder e governança, a incapacidade demonstrada de dotar a Região de um modelo de desenvolvimento é gritante.

Com tantos anos de poder seguidos podia até ter-se dado ao luxo de ensaiar e testar modelos alternativos de desenvolvimento. O seu modelo, sem imaginação alguma, foi o do domínio da economia pelo Governo Regional. E como resultado o sector empresarial da madeira encontra-se muito pouco habilitado para investir em áreas diversificadas de interesse para a sustentação do desenvolvimento equilibrado da economia da Região

Etiquetas: , ,


Comments:
Pior que a dívida da Madeira é a obra feita que a maior parte dela é apenas encargos para toda a vida.

A manutenção de túneis e viadutos que pouco ou nenhum rendimento vão ter, vai ser um cancro para sempre.
 
Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?