.comment-link {margin-left:.6em;}

2013-07-21

 

A política do Governo é boa ou é má? É má para uns mas é... boa para outros!

Nicolau Santos, hoje no Expresso. Os destaques a amarelo já vinham na imagem que apanhei no Facebook. Os meus seriam um pouco diferentes. No seu artigo, NS, diz que "um novo estudo do FMI sobre 173 casos de consolidação orçamental entre 1978 e 2009 mostra que ela aumentou a desigualdade, diminuindo a parte dos rendimentos do trabalho em relação aos lucros e aos rendimentos de rendas, aumentado o desemprego de longo prazo e o seu risco de agravamento como um problema estrutural.
"Mais: contra a tese comummente aceite, os efeitos distributivos de um ajustamento por via de um corte na despesa pública não são menos recessivos do que aqueles que decorrem por via do aumento dos impostos. Pelo contrário, tem efeitos muito maiores na desigualdade de rendimentos."
Um pouco adiante já no fim do seu artigo NS diz que
"... o que se espera é que da parte da troika, haja alguma réstia de bom senso e de humildade para reconhecer que a receita não está a funcionar, pelo que tem de ser alterada. Convenhamos contudo que isso é tão expetável como a Torre de Pisa ter começado a endireitar-se. A troika continua cega e surda -mas não muda".
 
Nicolau Santos atribui a posição da troika a falta de "bom senso", talvez por compaixão para com os credores. Ora nem os patrões da troika nem os seus técnicos que vêm inspecionar o trabalho do governo de Portugal são gente insensata. E sem dúvida que tanto como NS percebem que os resultados são terríveis para os trabalhadores e as classes médias portuguesas. Mas... paciência...  desde que não matem o paciente são bons  para os credores, são bons para a clique financeira e plutocrática nacional e internacional.
Quando se qualifica de boa ou má  a política de austeridade, de privatizações, etc, têm de se colocar sempre a indispensável interrogação: bom... mau... para quem?
(Clique na imagem amplia-a.)

Etiquetas: , ,


Comments: Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?